Início / Espiritualidade /

Carência: Como viver sem tudo aquilo que não precisamos

Carência: Como viver sem tudo aquilo que não precisamos

A carência é a doença do insaciável.

Você já parou para pensar em quanto tempo e energia você desperdiça em busca de coisas que não te fazem falta?

Quando a gente gasta grande parte do nosso tempo em busca de atingir objetivos fúteis e inservíveis, nos deparamos com um estado íntimo de insatisfação.

Não alcançar esses objetivos gera um sentimento de infidelidade consigo mesmo.

Você quer aprender como controlar essa carência de forma com que possa viver melhor e mais livre?

CAUSAS ESPIRITUAL E AFETIVA DA CARÊNCIA

causas espiritual e afetiva da carênciaDo ponto de vista espiritual, a carência é fruto de um fluxo energético não compensado, que necessita ser complementado para assumir uma sensação de bem-estar e equilíbrio.

Ou seja, é uma necessidade de preencher um vazio íntimo. Uma busca incessante de algo que irá o tornar completo.

Neste texto vou ajudar você a identificar esse vazio, causa de tanta angústia.

Ainda falando sobre a causa da carência, eu preciso que você também a entenda do ponto de vista afetivo.

Do ponto de vista afetivo, a carência é causada por um processo de frustração que impede a nutrição do amor próprio.

Muitas vezes esse processo tem raízes tão profundas, que pode ter se iniciado na infância.  Se inicia com a supressão de desejos, expectativas não realizadas, privações não superadas.

Tudo isso causa em você, uma descompensação emocional. O resultado disso é o sofrimento, pois se tenta compensar uma experiência traumática mal organizada intimamente, por buscas e sentimentos que não ajudarão a encontrar a tão sonhada paz de espírito.

A MAIOR CARÊNCIA HUMANA É DE AFETO E CARINHO

a maior carência humana é de afeto e carinho

  • Você sente falta de afeto?
  • Acha que as pessoas ao seu redor não te dão o carinho e afeto que você merece?
  • Se sente sozinho, mesmo estando sempre acompanhado?

Carinho e afeto são ingredientes fundamentais para que você possa se sentir humano.

Não se sentir humano é perigoso, pois permite aflorar sentimentos de ganância e crueldade, afastando cada vez mais da felicidade.

A pessoa carente vive numa prisão de sentimentos. Não consegue perceber o quanto é amada e, por consequência, não consegue amar.

Essa carência pode vir da dificuldade em lidar com as perdas ao longo da vida. Muito provavelmente, em sua educação, foi criado para ser o campeão em tudo. Essa pressão social para ser sempre o primeiro, gera comportamentos inadequados, vícios e desequilíbrio.

É então que se começa a viver sob as expectativas dos outros, ignorando quem se é realmente, desprezando suas habilidade natas para viver de acordo com uma vontade que não é sua.

A MÍDIA GERADORA DE CARÊNCIA

a mídia geradora de carênciaTer uma família de comercial de margarina, ter um bom carro, uma apartamento na melhor localização da cidade, estudar nas melhores escolas e faculdades, ser bem sucedido em tudo.

Vivemos cercados de ilusões da vida moderna, que são vendidas como essenciais à nossa felicidade, que cobram de você um sucesso que é para poucos.

Mesmos os que atingem esse sucesso, não são felizes, pois aquele vazio inicial ainda não foi preenchido.

A solidão, o ciúme, a baixa autoestima, o complexo de inferioridade, a insegurança, o pessimismo, os desajustes sexuais, a depressão, as doenças do corpo e tantos outros tipos de sofrimento são reflexos da nossa incapacidade de amar. Exigimos atenção, geramos sentimento de propriedade causando ciúme incontrolável.

COMO ENTENDER E SE LIVRAR DESSA DOENÇA

como entender e se livrar dessa doençaO carente é um doente. Deseja amar, mas não consegue. Todo amor dedicado a ele é insuficiente.

Por não conseguir amar, passa a exigir cada vez mais ser amado e se envolve em relações frágeis e complicadas.

Essa carência surgiu porque houve uma desconexão com os sentimentos que realmente preenchem e gratificam, se deixando levar pelo falso conceito de realização estipulado pela mídia e sociedade.

Uma pessoa carente tende a se encaixar em alguns modelos de vida impostos pela sociedade, seguindo o caminho comum da maioria, mesmo que isso não atenda suas aspirações e desejos. Se deixa levar por essa influência, ignora seus sentimento e faz aquilo que acha que os outros gostariam que ela fizesse.

A libertação da carência só é possível quando você começar a respeitar seus próprios sentimentos e aspirações, no limite das suas forças.

Essa libertação é um processo contínuo e não imediato.

O controle das suas necessidades reais é o primeiro passo. Saber esperar pela satisfação pessoal é muito importante para atingir esse controle. Cada coisa tem seu tempo e depende do nosso esforço e mérito.

VIRTUDES QUE PRECISAM SER CULTIVADAS

virtudes que precisam ser cultivadasA perseverança e a coragem são virtudes que todas as pessoas carentes precisam aprender a cultivar.

O seu destino é a felicidade e a completude, sem carência.

É preciso que se mantenha firme nessa caminhada em busca de equilíbrio. Quem ama, mesmo precisando ser amado, se satisfaz, se eleva e se compensa.

No mundo sedento de amor que vivemos, a maioria das pessoas espera saciar sua sede de afeto, mas poucas optam por amar.

Ame intensamente. Ame despretensiosamente. A vida vai te recompensar com grande fartura de afeto e jamais deixará você sentir falta do essencial para ser feliz.

CONCLUSÃO

Pode até parecer difícil, mas praticar o amor e vencer desafios é mais fácil do que você imagina.

Caso você tenha gostado do artigo, compartilhe nas redes sociais, ajude mais pessoas a entender o que causa a carência e como vencê-la.

Deixe seu comentário aqui no site, é muito importante para mim, saber o que você achou do artigo.

Em resumo, podemos extrair desse artigo:

  • Siga seus sentimentos e anseios, não tentando se encaixar a um modelo pré-determinado;
  • Nutra sentimentos nobres, tenha perseverança e coragem;
  • Saiba aguardar o tempo de cada coisa, todo seu trabalho terá resultado;
  • Ame, mesmo quando não se sentir amado.

 

 

Opt In Image
O que fazer quando alguém nos machucou demais?
Faça sua inscrição gratuita no minicurso

Entenda os benefícios que o perdão pode trazer para sua vida, tanto físico quanto espiritualmente.

Inscreva-se no minicurso e acesse imediatamente.

Compartilhe este artigo

  • Antonio Luiz Cardoso

    Gostei muito do seu texto!! Parabéns!! Continue com sua maravilhosa ação de ajudar as pessoas.
    Abraço!!
    sds
    Antonio Luiz Cardoso

    • Oi Antonio,
      Obrigado por suas palavras, isso me ajuda seguir em frente.
      Fraterno abraço

      Sidnei